home natural    
   
Divulgação

  Anuncie
Mostre sua marca para o mundo da borracha
Garanta seu espaço!

  Revista Lateks
Única publicação especializada
em heveicultura no Brasil
Compre!

Agenda

ABC

Tempo

 

 
     ASSINATURAS      Boletim      Anuncie      Fale Conosco      Política do Site     
Preço da borracha deve cair a partir de agosto (conteúdo aberto) PDF
06/07/2012

Associação alerta que baixa deve girar em torno de 14%

Com o início da safra de borracha na Ásia e o aumento da oferta da matéria-prima, o preço da borracha deve cair no Brasil a partir do mês de agosto. Hoje, a usina vende a borracha beneficiada a R$ 7,65 por quilo e a projeção é de que o preço de venda caia para R$ 6,58. Já o preço pago ao produtor pelo peso no campo, que hoje está na casa dos R$ 2,90 pode abaixar para até R$ 2,45 por quilo.

Outro fator que interfere no preço da borracha é o fato de o mercado mundial estar passando por um momento de desaceleração do consumo, ocasionado pela crise financeira na Europa, e desaquecimento da economia na China, o maior consumidor de borracha do mundo.

 
Figura 1 - Estimativa de preço do GEB-1 para o bimestre agosto-setembro de 2012.  

“Não temos uma previsão exata de quanto tempo vai durar a baixa nos preços. O que a gente espera é que, com a entressafra da Ásia, mesmo período em que começa a safra brasileira, possamos ter uma alta novamente. Isso pode acontecer a partir de dezembro”, explica, Heiko Rossmann, diretor executivo da Associação Paulista de Produtores e Beneficiadores de Borracha (Apabor).

Como a safra de borracha está terminando no Brasil, a queda no valor do quilo pode não ter muito significado, já que o país não terá oferta de produto neste momento. “A orientação é que o produtor se volte para o seringal e busque uma maior produtividade”, acrescenta o executivo.

Como as usinas não terão matéria-prima para beneficiar durante a entressafra, é importante realizar investimentos no parque industrial para diminuir o custo de beneficiamento. Hoje, as usinas brasileiras já têm um valor bom, se gasta cerca de R$ 0,90 por quilo de borracha seca.

“Quem pretende iniciar um plantio neste momento pode trabalhar tranquilamente, pois a tendência de oferta menor do que o consumo deve permanecer durante os próximos anos”, finaliza Rossmann.

Assessoria de Imprensa da APABOR

 

 
< Anterior   Próximo >
   
   
© 2009-2018 LATEKS COMUNICACAO LTDA. Todos os direitos reservados.
Rua Campos Salles, 1753 - Vila Boyes - CEP 13416-310 - Piracicaba-SP
Atendimento preferencial por e-mail: fale@borrachanatural.agr.br
Supported by
lateks