home natural    
   
Divulgação

  Anuncie
Mostre sua marca para o mundo da borracha
Garanta seu espaço!

  Revista Lateks
Única publicação especializada
em heveicultura no Brasil
Compre!

Agenda

ABC

Tempo

 

 
     ASSINATURAS      Boletim      Anuncie      Fale Conosco      Política do Site     
CP2018 | Pesquisador da Embrapa recebe prêmio internacional no evento da Apabor (conteúdo aberto) PDF
23/11/2018

Camila Gusmão

Hoje o 11º Ciclo de Palestras sobre a Heveicultura Paulista, realizado pela Associação Paulista de Produtores e Beneficiadores de Borracha (Apabor), contou com um destaque especial. O pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), lotado no Instituto Agronômico de Campinas (IAC), Paulo de Souza Gonçalves, recebeu um prêmio do International Rubber Research and Development Board (IRRDB), uma rede que reúne institutos de pesquisa em borracha natural de países produtores constituída em 1960.

Cristiano Furtado

Paulo Gonçalves recebe prêmio conferido pelo IRRDB

O prêmio “B. C. Sekhar Award for Research Excellence 2018” é uma indicação dos 19 países membros do IRRDB, e premia dois pesquisadores por ano - um na categoria sênior, e outro na jovem. As indicações são exclusivas para os países associados ao IRRDB.

Trata-se de um reconhecimento pelos mais de 46 anos da vida profissional dedicados à heveicultura, durante os quais foram publicados mais de 200 trabalhos na área, entre artigos científicos, resumos em congressos e capítulos de livros, entre outros, além de mais de uma dezena de clones de seringueira lançados no mercado.

Gonçalves é engenheiro agrônomo, mestre em melhoramento genético florestal pela Universidade do Estado da Carolina do Norte (Estados Unidos) e doutor em genética e melhoramento de plantas pela Universidade de São Paulo (USP). Começou a trabalhar na heveicultura na Bahia e, após retornar ao Brasil, ingressou como pesquisador na Embrapa, em Manaus.

“Para mim, é um reconhecimento pelo trabalho realizado em todos esses anos de vida profissional. A escolha se deve ao meu currículo, é um mérito pelos 46 anos dedicados à pesquisa em seringueira”, afirmou Gonçalves em entrevista ao Borracha Natural.

O 11º Ciclo de Palestras sobre a Heveicultura Paulista teve início ontem (22) e continua hoje, no Ipê Park Hotel, em São José do Rio Preto.

Clones de alta produtividade

O Instituto Agronômico de Campinas (IAC) lançou recentemente uma série com 15 clones resistentes e com maior produtividade para os heveicultores paulistas, além de clones precoces.

O clone IAC 502, o mais produtivo dentre os lançados, produz uma média de 2.640 quilos de borracha seca por hectare, 74% a mais por ano do que o clone malaio RRIM 600, que predomina nas plantações de seringueira no interior paulista.

Há também clones que se destacam pela sua precocidade, e começam a produzir com cerca de cinco anos de idade, em média, dois anos a menos do que o normal.

Além do aumento de produtividade e da precocidade, o IAC desenvolveu o clone IAC 505, que é o recordista em vigor, alcançando 50 centímetros de circunferência aos cinco anos. É um clone muito precoce, classificado como sendo de dupla aptidão, tanto para a produção de látex quanto para a produção de madeira.


RELACIONADAS
Formação do preço da borracha abre Ciclo de Palestras da Apabor
IAC 502 produz 74% mais do que clones plantados em São Paulo
Qualidade do látex no campo interfere na fabricação de artefatos


 

Permitida a reprodução total ou parcial, desde que citada a fonte.

 

 
< Anterior   Próximo >
   
   
© 2009-2018 LATEKS COMUNICACAO LTDA. Todos os direitos reservados.
Rua Campos Salles, 1753 - Vila Boyes - CEP 13416-310 - Piracicaba-SP
Atendimento preferencial por e-mail: fale@borrachanatural.agr.br
Supported by
lateks