home natural    
   
Divulgação

  Anuncie
Mostre sua marca para o mundo da borracha
Garanta seu espaço!

  Revista Lateks
Única publicação especializada
em heveicultura no Brasil
Compre!

Agenda

ABC

Tempo

 

 
     ASSINATURAS      Boletim      Anuncie      Fale Conosco      Política do Site     
Apabor anuncia providências frente à pandemia (conteúdo aberto) PDF
23/03/2020

Associação sugere que heveicultores mantenham a produção de coágulo para comercialização futura

Camila Gusmão

Diante do ‘efeito cascata’ no setor de borracha provocado pelo avanço da disseminação do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil, a Associação Paulista de Produtores e Beneficiadores de Borracha (Apabor) tomou providências e emitiu ofícios destinados aos seus associados, aos seringueiros e também à Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (Anip).

Divulgação

Pandemia provoca paralização da cadeia produtiva da borracha natural

Dentre as medidas adotadas pela própria Apabor, a entidade deixa de realizar atendimento presencial a partir desta segunda-feira (23), alterando para trabalho home office, a ser desempenhado por telefone e internet pela equipe administrativa, com manutenção da carga horária. Além disso, dispensou a equipe da limpeza, com manutenção do pagamento. A Assembleia Geral Ordinária, marcada para o próximo dia 27 de março, será realizada de forma remota.

Associados

A Apabor enviou uma carta aberta aos seus associados, por meio da qual indica que o trabalho realizado nas plantações seja continuado mediante adoção de medidas de limpeza e monitoramento da saúde dos sangradores e, principalmente, dos motoristas de caminhão.

A associação recomenda ainda a suspensão de todas as atividades externas, como visitas técnicas, treinamentos e viagens.

Segundo a entidade, é importante continuar produzindo coágulo e, devido à paralisação das usinas de beneficiamento, estocar a produção nas propriedades para comercialização futura.

Outro ponto destacado no ofício é a importância, agora mais do que nunca, da gestão da economia doméstica. Deve-se cortar gastos não necessários e focar na aquisição de alimentos, já que não se sabe por quanto tempo durarão os efeitos da pandemia.

“Vamos buscar alternativas para manter ativos nossos seringais, pois uma vez vencido este desafio, o mercado voltará ao normal e qualquer volume que por ventura não tenha sido comercializado neste meio tempo, será de grande valor lá na frente”, destaca a carta.

Indústria consumidora

A Apabor também encaminhou um ofício a Klaus Curt Müller, presidente-executivo da Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (Anip), pelo qual reforça que ambas associações integram a cadeia produtiva da borracha natural, e que precisam se manter alinhadas diante do desafio imposto pelo novo coronavírus.

“Levando em conta os milhares de empregos pelos quais somos responsáveis e pela vital importância da renda gerada por nossa atividade no Estado de São Paulo, estamos recomendando que, na medida do possível, e com segurança, sejam mantidas as atividades de produção no campo”, destaca a carta.

Vendas em queda

Segundo dados divulgados pela Anip, como resultado da redução de 9,3% nas vendas de pneus originais (montadoras) e de 4,6% nas vendas para reposição em fevereiro, a indústria brasileira de pneumáticos registrou uma queda de 5,9% na produção na comparação com o mesmo período de 2019.

“Após um ano de 2019 sem crescimento, temos um início de ano preocupante. As expectativas para 2020 dependem do retorno das atividades pós-pandemia”, afirma Müller.

Superávit em fevereiro

Dados do Ministério da Economia apontam que, com a redução de 14,2% nas exportações e a diminuição de 11,4% nas importações de pneus no mês de fevereiro ante o mesmo período do ano passado, a balança comercial do setor fechou com superávit de US$ 21,4 milhões. Apesar de positivo, o resultado representa uma queda de 28,3% sobre fevereiro de 2019.

O Brasil comprou no exterior 4,25 milhões de pneus em fevereiro, com um aumento de 5,9% na comparação com fevereiro do ano passado, e embarcou 2,10 milhões de unidades, com queda de 16,2%.

 


RELACIONADAS:
Novo coronavírus pode atingir beneficiamento de borracha no Brasil
Coronavírus impacta setor de borracha de diferentes formas
Goodyear interrompe produção de pneus na Europa e nas Américas


 

Permitida a reprodução total ou parcial, desde que citada a fonte.

 

 
< Anterior   Próximo >
   
   
© 2009-2019 LATEKS COMUNICACAO LTDA. Todos os direitos reservados.
Rua Campos Salles, 1753 - Vila Boyes - CEP 13416-310 - Piracicaba-SP
Atendimento preferencial por e-mail: vendas@lateks.com.br
Supported by
lateks